As Nossas Aves
Para se inscrever é só fazer o registo e começar a navegar pelo Fórum

fundador@sapo.pt


FÓRUM DEDICADO A TODOS OS CRIADORES DE AVES
 
InícioPortalRegistrar-seConectar-se
O Fórum As Nossas Aves
Top dos mais postadores
José Brás (336)
 
Zé Luis (241)
 
ANTONIO COSTA (192)
 
Manuel Marinho (168)
 
astavares (100)
 
PEDRO NETO (91)
 
leopoldo neves (78)
 
manuel silva (72)
 
Rui P Azevedo (51)
 
antonio cunha (39)
 
Estatísticas
Temos 290 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de valedasilva

Os nossos membros postaram um total de 2015 mensagens em 490 assuntos
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada

Compartilhe | 
 

 Um pouco de História do Canário de Canto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
José Brás
Fundador
Fundador
avatar

Mensagens : 336
Data de inscrição : 13/08/2010
Idade : 57
Localização : Azambuja

MensagemAssunto: Um pouco de História do Canário de Canto   Qua 08 Set 2010, 22:42

CANÁRIO DE CANTO: DELICADO PRAZER


Essa variedade de Canário dá um show com o som do seu canto limpo e rico em modulações.


Os gorgeios maravilhosos dos canários chegam ao máximo da perfeição com o Canário de Canto, o mais hábil e requintado da espécie. São oito variações sonoras com o bico fechado. Uma sofisticação!
A trajetória de sucesso da espécie começou há cerca de 500 anos, quando seu ancestral, o Serinus canarius, encantou a Europa trazido por navegadores que o descobriram nas Ilhas Canárias, da Espanha. Após 5 séculos de criação, evoluiu a ponto de se tornar uma ave de estimação de grande popularidade. Ganhou também atrativos adicionais graças á fixação de mutações e ao aprimoramento genético, com variedades em cada uma das três qualidades mais valorizadas nos pássaros: canto, cores e porte. Assim, além do melodioso Canário de Canto, existem o Canário de Cor, que se destaca pela pureza da cor - são 360 catalogadas - , e o Canário de Porte, de vários tamanhos e com plumagens especiais, divididas em 25 raças oficiais.

CANTO ROLADO


Por volta de 1700, próximo às montanhas de Harz no coração da Alemanha, foram observados alguns canários que cantavam de forma diferente, com um som "rolado", exclusivo, produzido com o bico fechado. A novidade conquistou apreciadores por todo o mundo e tornou-se conhecida como Roller (rolador, em alemão). Entre os Canários de Canto, é o que canta com um tom mais suave, tanto nos agudos como nos graves. Há mais duas variedades ainda não criadas no Brasil: a Timbrado Espanhol, com canto mais estridente (som "campainha"), e a belga Malinois, de som intermediário.
O canto rolado é exclusivo do Roller. Quanto mais grave o tom, maior o seu valor. É possível perceber oito sutis variações nas suas execuções vocais, adquiridas por herança genética. Essas variações são chamadas de tours (jeitos), denominadas de forma bastante sugestiva: as tours básicas são a Hohlrollen (rolado oco), Knorren (baixo), Hohlklingeln (campainha oca) e Pfeifen (flauta) e as demais, ditas "de adorno", são a Wassertouren (jeito de água), Schockeln (a tradução que mais se assemelha é "gargalhada"), Glucken (galinha choca) e Klingelstouren (campainhas). Em geral, o Roller intercala todas as tours básicas com uma ou duas de adorno, estilo que pode ser aprimorado com a prática do canto. Por isso, o treino é importante para os exemplares que participam de competições. Algumas combinações produzem exibições de alto valor, como as Wassertouren mescladas com as Hohlrollen ou as Knorren. As tours de adorno misturadas sem critério reduzem o valor do canto. O que diferencia uma tour da outra é o som desdobrado em consoantes, que as identificam, e vogais que lhe dão o valor. As vogais valorizadas são a "u", "o" e "ü" (som de "u" fechado, como na língua francesa). As demais são de pouca expressão ou até mesmo depreciativas.
Além da cor verde, herdada do ancestral Serinus, o Canário de Canto ganhou novas colorações com o correr do tempo: verde pintado de amarelo; amarelo; branco e cinza. Até uma variedade de topete apareceu.
O tom do canto muda um pouco dependendo da cor do Canário. Por isso, nos concursos, o verde, o amarelo e o pintado são julgados em um grupo. O branco, o cinza e o de topete em outro; às vezes, o de topete em separado.
Há quem denomine de Roller os Canários de Porte ou de Cor, mas é incorreto - o canto "rolado" é característica exclusiva do Canário de Canto.


Fonte:


PetBrazil

_________________
Cumprimentos

José Brás

COAC 390 STAM DB05

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://nossasaves.forumeiro.net
 
Um pouco de História do Canário de Canto
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» HISTÓRIA DO CANÁRIO DE CANTO CLÁSSICO.
» APRENDENDO UM POUCO SOBRE AS CORES DOS CANÁRIOS.
» A grandeza do canário de canto espanhol, "O Timbrado Espanhol".
» RSPB - um pouco de história
» Duvida sobre troca de casais de canários - Timbrados Espanhóis x Malinois

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
As Nossas Aves :: Canários :: Canários de Canto-
Ir para: